Forum Endometriose - 2012, 2013 & 2014
October 25, 2014, 09:29:22 PM *
Welcome, Guest. Please login or registre.

Login with username, password and session length
News: NOVAS CATEGORIAS!!!!
 
   Home   Help Search Login Register  
Pages: [1] 2   Go Down
  Print  
Author Topic: Tenho Adenomiose  (Read 53923 times)
Jandyra Monroe
Newbie
*

Karma: +0/-0
Offline Offline

Posts: 1


« on: July 10, 2008, 04:36:16 PM »

Vim aqui,contar minha situação que tem me deixado desesperada.
Tenho 26 anos,já tenho filhos, tenho 03 lindos filhos. Engravidei aos 15 anos e já com 23 fiquei a minha laquiadura, ou seja, não poderei mais ter filhos.
Desde em que fiz o corte das trompas,minha mestruação tornou-se um tormento em minha vida, passo meses sem mestruar e quando mestrou passo de 30 a 40dias mestruada com fluxo intenso, chego a usar 20 pacotes de absorventes e até mais. Me consultei um genicologista,indicado pelo meu atual médico pois,segundo ele, este outro médido seria o mais indicado para tratar do meu caso, ok. Ele me recomendou um exame feito no centro cirurgico, onde detectou que eu tenho ADENOMIOSE,então, me passou 06 injeções de Zoladex 3,6mg as quais segui o uso corretamento. Injeções caras que custavam R$ 750,00 na época,+/- a 1 ano atrás. Mas, se era pra ficar boa,resolvi seguir. Durante meu tratamento mestruei normal, meu fluxo de sangue foi bem moderado perto do que costumava perder. Ok, tudo parecia se resolver. porém neste ano, eu mestruei no dia 01/01/2008 fiquei mestruada até dia 08/2/2008 só melhorei após tomar o primosiston recomendado pelo então médico, depois desta data, somente dia 18/6/2008 eu voltei a mestruar com fluxo mais que intenso, perco muito sangue, tenho a sensação de estar fazendo xixi, quando na verdade é somente sangue.Fico irritada, tenho assaduras devido o tempo que tenho que usar absorventes, pra paiorar tudo após o  meu tratamento engordei cerca de 10kg estou enorme de gorda, com sangramento intenso, estou amarela, minha vontade sinceramente hoje é de entregar os pontos, me sinto triste por que isso é terrivel.... fico irritada sem motivos, anseosa, cansada, me sinto ridicula.... gente me ajuda...
Logged
By@RJ
Hero Member
*****

Karma: +7/-5
Offline Offline

Gender: Female
Posts: 1036


EndoAmigas/RJ. Grupo de apoio a portadoras de endo


WWW
« Reply #1 on: July 12, 2008, 09:18:11 AM »

Olá Jandira. Adenomiose, bem como endometriose são terríveis mesmo! A gente fica completamente perdida... São coisas mto próximas, há um tempo, a adenomiose era conhecida como a "endometriose do útero". Realmente é difícil ficar sangrando sem parar. Hemorragia é um sintoma clássico de adenomiose, sem contar as consequencias que isso traz, que só quem passa sabe como é. Eu não tenho adenomiose (até onde saiba!), mas tenho endometriose, bom, na verdade, é td um saco! rs. O que tenho a te dizer sei que pode parecer mto fácil na teoria porém, na prática complicado p/se aplicar, mas precisamos, mais do que nunca, sempre tentar. Primeiro, procure ficar calma. O nervosismo e estresse só pioram o quadro. Existem alguns tópicos sobre adenomiose aqui no fórum e informações sobre ela no site. Procure lê-los. Informe-se, cd vez mais, sobre o seu problema. Qto mais vc souber, menos árduo será, pois vc terá a vantagem de não ficar "no escuro". Se for preciso, procure outras opiniões médicas. Pode valer a pena. Sempre digo que temos de estar seguras e mto confiantes tanto no nosso médico (que será nosso maior parceiro neste caminho), qto no tratamento. Acredite, a dúvida é a pior coisa...
Tb já passei maus tempos com minha endometriose e, teve uma época que cheguei a pensar que tinha adenomiose, pois sangrei durante 43 dias! Não aguentava mais absorvente! Tb tomei primociston nessa época. Foi difícil... Tb já fiz tratamento com Zoladex 3,6mg durante 4 meses, mas não menstruei durante o tratamento. Foram ótimos tempos... sem sangue e sem dor! Meu sonho de consumo... rs. Às vezes penso que a vida de quem tem endometriose e adenomiose tb, bem como qq doença que seja progressiva, e consequentemente chata, seja uma eterna montanha russa: uma hora estamos bem, outras, estamos mal... mas, procure sempre pensar que na montanha russa não há apenas descidas e sim, subidas tb! Td vai melhorar!
Se precisar, estamos sempre aqui! Bjs.  Kiss
Logged

By@RJ
EndoAmigas/RJ. Cadastre seu e.mail e receba informações sobre Endometriose. endoamigasrj@yahoo.com.br
cas
Hero Member
*****

Karma: +7/-4
Offline Offline

Posts: 1353


"Bons amigos são bons para sua saúde."


« Reply #2 on: July 12, 2008, 06:20:07 PM »

O que eh ADENOMIOSE ?
fonte: http://www.biobras.com.br/adam/encyclopedia/ency/article/001513.htm

"Nomes alternativos: adenomioma, endometriose interna

Definição:
Espessamento uterino provocado quando o tecido endometrial, que normalmente reveste o útero, se estende para fora, penetrando o tecido fibroso e muscular do órgão.

Causas, incidência e fatores de risco:
O diagnóstico de adenomiose só pode ser confirmado após o exame de amostras da parede uterina feito por um patologista, e a causa é desconhecida.

A doença atinge em geral mulheres acima de 30 anos que tenham tido filhos, sendo rara em mulheres que não tenham tido uma gestação a termo."

Logged

Cas
Comunidade "Endometriose Sem Limites"
http://www.orkut.com/Main#Community.aspx?rl=cpp&cmm=2207951
cas
Hero Member
*****

Karma: +7/-4
Offline Offline

Posts: 1353


"Bons amigos são bons para sua saúde."


« Reply #3 on: July 12, 2008, 06:24:31 PM »

Conversa com seu medico novamente querida, faca exames, peca chek-up... continuar sangrando e com dores nao pode de jeito nenhum. Desistir tambem nao eh uma alternativa, pois a doenca nao deixara de existir porque estamos cansadas de conviver com ela, infelizmente. A maioria de nos, como citou a Bia, passa por esta 'montanha russa' fisica e emocional... temos eh que continuar na caminhada por dias melhores e por qualidade de vida... sempre. Por isso sugiro com carinho que marque consulta, converse e questione seu medico por alternativas para o seu caso individual... se for necessario, busque outras opinioes medicas. Abracao e melhoras !
Logged

Cas
Comunidade "Endometriose Sem Limites"
http://www.orkut.com/Main#Community.aspx?rl=cpp&cmm=2207951
vanessarfc
Newbie
*

Karma: +0/-0
Offline Offline

Posts: 11


« Reply #4 on: September 08, 2008, 02:10:50 PM »

Oi!

    Descobri que tenho adenomiose fiz tratamento com zoladex e há 2 meses coloquei mirena diu.As dores melhoraram bastante e o fluxo menstrual diminuiu.Minha médica disse que o mirena melhorava muito endomentriose no útero.
    O que está me incomodando muito ainda é a diarreia constante que eu tenho depois de colocar o mirena.

  Bjs Vanessarfc
« Last Edit: September 08, 2008, 03:25:25 PM by vanessarfc » Logged
cas
Hero Member
*****

Karma: +7/-4
Offline Offline

Posts: 1353


"Bons amigos são bons para sua saúde."


« Reply #5 on: September 09, 2008, 07:11:20 PM »

Conversa com seu medico novamente querida, e se for necessario, busque outras opinioes medicas. Abracao e melhoras !
Logged

Cas
Comunidade "Endometriose Sem Limites"
http://www.orkut.com/Main#Community.aspx?rl=cpp&cmm=2207951
vanessarfc
Newbie
*

Karma: +0/-0
Offline Offline

Posts: 11


« Reply #6 on: September 12, 2008, 08:11:11 PM »

Cas, obrigada por vc tentar me ajudar.Procurei um gastro e estou fazendo outros exames para verificar a diarreia.Mas o nimpressionante é que quando sangro tenho a tal fezes moles.Que Deus faca os medicos descobrirem.

Vanessa rfc
Logged
cas
Hero Member
*****

Karma: +7/-4
Offline Offline

Posts: 1353


"Bons amigos são bons para sua saúde."


« Reply #7 on: September 13, 2008, 02:02:35 PM »

Vanessa, procure aqui no Forum os topicos sobre endo intestinal (nao sei se eh o seu caso) mas pode te dar referencias de sintomas, eu acho... um proctologista, gastro e gineco em cojun to podem te ajudar... eh o que temos visto de depoimentos com problemas no intestino. Fique bem querida e um grande abraco !
Logged

Cas
Comunidade "Endometriose Sem Limites"
http://www.orkut.com/Main#Community.aspx?rl=cpp&cmm=2207951
PAULA Regina
Newbie
*

Karma: +0/-0
Offline Offline

Posts: 1


« Reply #8 on: September 30, 2008, 08:51:26 PM »

oLÁ!
Descobri este ano que adenomiose e mioma (já sabia). Fiquei triste. Tomei gestinol 28 e foi horrível, duas cartelas sem dor e sangrando. depois vei hemorragia, pior ainda. agora voi colocar o DIU MIRENA, espero que resolva.
Logged
emitie
Jr. Member
**

Karma: +0/-0
Offline Offline

Posts: 51



« Reply #9 on: October 08, 2008, 05:46:36 PM »

Olá pessoal !

Tenho 43 anos, não tenho filhoa e descobri que tenho adenomiose depois da biopsia do endométrio em maio/2008, tomei 2 doses de zoladex 3,6 a ultima em julho/2008.
Estou aguardando a danada na menstruação para começar a indução para ficar grávida, mas a danada não aparece... Tongue
Dia 26 setembro tive borra marrom, mas a danada não apareceu.... Estou tendo algumas cólicas mas nada dela... Sad

Quanto tempo demora para menstruar  Huh?

obrigada

Emitie Smiley
Logged

Rena
Newbie
*

Karma: +0/-0
Offline Offline

Posts: 1


« Reply #10 on: January 08, 2009, 12:08:09 AM »

Olá, meu nome é Renata, tenho 31 anos e 2 filhos (gemeos). Antes da gestação gemelar tive dois partos com gestação de 20 a 24 sem aprox.. A aproximadamente 9 meses procurei minha ginecologista com reclamação de cólicas fortes e desejo de realizar ligadura das trompas. Ao realizar os exames de rotina, descobri que tenho Adnomiose, meu utero estava com dimensões de gestação de + - 4 meses. Tomei um susto, porem minha médica me orientou sobre todos os procedimentos possíveis até que não reste alternativas e se faça uma  Histerectomia. Há 18 meses aproximadamente estou fazendo uso de DEPO-PROVERA 150mg. A suspensão da menstruação foi imediata, mas as vezes tendo cólicas fortes (mesmo sem menstruar), a diminuição da libido também foi grande, sem falar na dificuldade de chegar ao orgasmo (tarefa que já não era das mais fáceis antes do tratamento), e um significativo aumento de peso. Estou suportando todos os desconfortos tendo em vista que durante os exames de controle, realizados a cada seis, a adenomiose parece regredir, pelo menos meu útero tem seu volume diminuido a cada ultrasson. E é por isso que surge a dúvida, vou ter que tomar essa medicação para sempre? Caso pare com a medicação, é possível que a adnomiose retorne? Existe algum medicamento paliatitivo aos sintomas apresentados?

obrigada....
Logged
cas
Hero Member
*****

Karma: +7/-4
Offline Offline

Posts: 1353


"Bons amigos são bons para sua saúde."


« Reply #11 on: January 08, 2009, 12:57:02 AM »

Renata, a adenomiose eh a endometriose interna. E nao existe cura ainda para a endometriose, sendo o tratamento necessario para o conrole da doenca. Converse mais com sua medica sobre os efeitos colaterais do DepoProvera, e veja quais alternativas de tratamento para o seu caso. Melhoras !


O que eh ADENOMIOSE ?
fonte: http://www.biobras.com.br/adam/encyclopedia/ency/article/001513.htm

"Nomes alternativos: adenomioma, endometriose interna

Definição:
Espessamento uterino provocado quando o tecido endometrial, que normalmente reveste o útero, se estende para fora, penetrando o tecido fibroso e muscular do órgão.

Causas, incidência e fatores de risco:
O diagnóstico de adenomiose só pode ser confirmado após o exame de amostras da parede uterina feito por um patologista, e a causa é desconhecida.

A doença atinge em geral mulheres acima de 30 anos que tenham tido filhos, sendo rara em mulheres que não tenham tido uma gestação a termo."

***
Olá, meu nome é Renata, tenho 31 anos e 2 filhos (gemeos). Antes da gestação gemelar tive dois partos com gestação de 20 a 24 sem aprox.. A aproximadamente 9 meses procurei minha ginecologista com reclamação de cólicas fortes e desejo de realizar ligadura das trompas. Ao realizar os exames de rotina, descobri que tenho Adnomiose, meu utero estava com dimensões de gestação de + - 4 meses. Tomei um susto, porem minha médica me orientou sobre todos os procedimentos possíveis até que não reste alternativas e se faça uma  Histerectomia. Há 18 meses aproximadamente estou fazendo uso de DEPO-PROVERA 150mg. A suspensão da menstruação foi imediata, mas as vezes tendo cólicas fortes (mesmo sem menstruar), a diminuição da libido também foi grande, sem falar na dificuldade de chegar ao orgasmo (tarefa que já não era das mais fáceis antes do tratamento), e um significativo aumento de peso. Estou suportando todos os desconfortos tendo em vista que durante os exames de controle, realizados a cada seis, a adenomiose parece regredir, pelo menos meu útero tem seu volume diminuido a cada ultrasson. E é por isso que surge a dúvida, vou ter que tomar essa medicação para sempre? Caso pare com a medicação, é possível que a adnomiose retorne? Existe algum medicamento paliatitivo aos sintomas apresentados?

obrigada....
Logged

Cas
Comunidade "Endometriose Sem Limites"
http://www.orkut.com/Main#Community.aspx?rl=cpp&cmm=2207951
cas
Hero Member
*****

Karma: +7/-4
Offline Offline

Posts: 1353


"Bons amigos são bons para sua saúde."


« Reply #12 on: January 08, 2009, 01:00:59 AM »



"A adenomiose é freqüentemente confundida com fibroma ou miomatose, resultando em tratamento inadequado e sintomas persistentes, e acordo com o dr. Edward Lyons , professor de Radiologia e Obstetrícia e Ginecologia da Universidade de Manitoba em Winnipeg, Canadá.

“Até alguns anos atrás sentia-me culpado com este tipo de engano , deixando de fazer o diagnóstico da patologia em até seis ou sete casos em apenas um dia”. Atualmente estamos em condições de avaliar os achados ultra-sonográficos específicos e o diagnóstico ficou facilitado afirmou o dr. Lyon. em entrevista ao site Auntminnie.com durante o Congresso Mundial de Ultra-som em Medicina e Biologia realizado em Montreal.

Muitos clínicos e ultra-sonografistas não estão familiarizados com a adenomiose , que pode ser definida como presença de tecido endometrial ectópico , similar a endometriose , porém localizado profundamente no endométrio. Devido à sua localização , às vezes é denominada “endometriose interna”.

“Penso que o diagnóstico de adenomiose é terrivelmente ignorado” afirmou do dr. Lyons. “A maior parte das pacientes que vêm ao consultório com dor pélvica e metrorragia têm adenomiose, mas quando o médico examinador observa o aumento uterino , o laudo invariavelmente sai como – presença de alterações difusas miometriais consistentes com múltiplos pequenos fibromas – como eu mesmo redigi várias vezes ,estando completamente enganado”.

Lyons recomenda o uso do transdutor endovaginal para distinguir adenomiose de fibroma, verificando a presença de dor à compressão.

“Utilizando o tradutor como extensão de seus dedos o examinador poderá distinguir áreas focais de amolecimento uterino , freqüentemente associadas com alterações ecográficas visibilizadas ao ultra-som ; como o fibroma virtualmente nunca é “mole” (este fato ocorrendo apenas em duas condições , gravidez e infarto) – há possibilidade de efetuar o diagnóstico diferencial”.

"Apesar da adenomiose constituir a causa mais comum de dor pélvica , o dr. Lyons ressalta que a miomatose constitui a principal causa de sangramento anormal. Cerca de 80% das pacientes portadoras de adenomiose referem dor , 20 % não apresentando o sintoma , constituindo portanto este sinal clínico um importante recurso diagnóstico.

“Um aspecto que deve ser ressaltado é a importância de se avaliar sempre o conjunto todo: dados semiológicos, ultrasonográficos e achados de exame. Para pensar em adenomiose, em geral você está tratando de mulheres que já tiveram filhos , têm períodos de sangramento extensos e dolorosos, frequentes e com escapes, inclusive apresentando relato de dor à relação sexual” lembra o dr Lyons.

“Os achados ultra-sonográficos em geral são estas áreas de espessamento endometrial assimétrico ,com áreas de aumento da ecogenicidade , pequenos cistos de permeio (eventualmente com até 3mm) localizados tanto em topografia subendometrial como miometrial ou intramural”

Estes últimos podem causar confusão diagnóstica sendo relatado nos laudos como “consistentes com pequenas áreas de degeneração fibróide” . Isto , segundo o dr. Lyons está absolutamente incorreto . “Estes pequenos cistos nada mais são do que pequenas glândulas endometriais distendidas, localizadas obviamente em território anômalo” afirma o dr. Lyons.

No ultra-som , ademiose aparece em geral como processo infiltrativo com vasos centrais , áreas de sombra acústica sem sinais ecográficos de calcificação. Em adição, a presença das pequenas imagens císticas é freqüente.

Fibroma ( ou mioma) em contraste , aprece como massas de contornos regulares , em geral , bem definidos ,sem exibir heterogenicidade endometrial tão freqüentemente descrita nos laudos. Apresenta sinais de hipoecogenicidade periférica devido à compressão miometrial. Podem ser hipo ,iso ou hiperecóicos . Também apresentam podem apresentar vasos periféricos , sombra acústica distal e calcificações."

Ao contrário da adenomiose , os fibromas ( ou miomas) podem ser vistos tanto pelo ultra-som trans-abdominal como pelo trans-vaginal , lembra o dr. Lyon. Fazer o diagnóstico diferencial correto é muito importante para definir o tratamento – alguns tipos de tratamento para mioma , como a ablação miometrial pode ser contra-indicado em mulheres com adenomiose.

“Temos visto uma série de casos de mulheres que terminam com quadros de hematométrio – áreas focais de hemorragia crescente que se transformaram porções obstruídas do endométrio após ablação, ocorrendo aumento da dor e acentuado amolecimento tecidual” , disse o dr.Lyons

Em adição, a embolização arterial uterina não alivia os sintomas da adenomiose devido ao fato da patologia ter um caráter infiltrativo difuso com a presença de múltiplos vasos indo e vindo em diversas direções , ao contrário da patologia fibróide ( ou miomatosa) onde frequentemente identifica-se um relativo pequeno pedículo vascular. Tão logo é realizada a embolização com oclusão arterial à nível do pedículo, o mioma reduz seu tamanho e acaba regredindo rapidamente” afirma dr. Lyons.

Ainda segundo o médico “o tratamento convencional da adenomiose e o mais indicado ainda constitue o uso de analgésicos e contraceptivos em altas doses como Lupron ou Danazol”. Segundo o dr. Lyon “Danazol é pouco popular nos EUA devido ao ganho de peso que pode ocorrer em algumas pacientes”. Entretanto o médico sugere que o uso destes tipos de medicação, com controle médico estrito podem resultar em melhora clínica significativa.

“Geralmente os sintomas desaparecem em cerca de uma semana de uso da medicação ,o que pode ser feito através de tratamentos recorrentes” finaliza dr. Lyons."


Artigo traduzido e adaptado do original “Adenomyosis made clear on ultrasound” redigido por Kate Johson e publicado no site Aunt Minnie em 18/07/2003

Fonte - http://www.radiology.com.br/materias/rad_materias.asp?flag=1&id_materia=236
Logged

Cas
Comunidade "Endometriose Sem Limites"
http://www.orkut.com/Main#Community.aspx?rl=cpp&cmm=2207951
By@RJ
Hero Member
*****

Karma: +7/-5
Offline Offline

Gender: Female
Posts: 1036


EndoAmigas/RJ. Grupo de apoio a portadoras de endo


WWW
« Reply #13 on: January 08, 2009, 10:26:46 AM »

Mto bom Cas!
BjÔ
Logged

By@RJ
EndoAmigas/RJ. Cadastre seu e.mail e receba informações sobre Endometriose. endoamigasrj@yahoo.com.br
Sil_rosa
Newbie
*

Karma: +0/-0
Offline Offline

Posts: 2


« Reply #14 on: February 17, 2009, 08:05:05 PM »

Descobri que tenho endometriose através da vídeolaparoscopia em 2000, desde então tomo depo-provera injetável, tentei parar com a injeção em 2003, mas foram 6 meses de sofrimento sem menstruar e com muitas dores, cólica, dor de cabeça, diarréia, TPM, foi horrível. Voltei para as injeções trimestrais até 2008, quando parei para colocar o DIU MIRENA, foi em setembro/2008, mas desde então tenho sentido cólicas, dor pélvica, inchaço nos seios, enjôo, dor de cabeça, mas não é constante, vem e vai, não observei ainda de quanto em quanto tempo isso acontece.
Meu ginecologista disse que é assim mesmo, que o DIU costuma dar cólica, mas se eu não menstruo há 9 anos porque sinto essas dores? Estou fazendo novos exames hormonais para ver se há alguma alteração. Mas uma coisa me deixou intrigada, no laudo da minha videolaparoscopia está também escrito: (ADENOMIOSE?), mas nunca me explicaram nada sobre isso, essas minhas dores tem que ter um motivo.
Foi muito bom ter lido os depoimentos relatados aqui! Só assim conseguimos tentar entender um pouco o que pode estar acontecendo conosco. É muito difícil se sentir sozinha e ouvir do médico que vc é muito "ansiosa", só falta falar que é psicológico. Sou fisioterapeuta, tenho 37 anos, conheço meu corpo e minha cabeça, por isso sei que não é psicológico, tanto que a Depo-provera foi muito eficaz durante os anos que usei, mas agora preciso descobrir se o Diu Mirena (com hormônio) está realmente fazendo o efeito desejado. Vou correr atrás para ver se tenho ou não ADENOMIOSE. Não vou me contentar com uma interrogação no meu exame.
Saúde pra todas nós!!!
Bjs
Logged
Pages: [1] 2   Go Up
  Print  
 
Jump to:  

Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1 RC3 | SMF © 2001-2006, Lewis Media Valid XHTML 1.0! Valid CSS!