A Videolaparoscopia: Riscos e Complicações e Pós-Operatório

<< < (2/2)

Lu-Luciana:
EFICÁCIA DA CIRURGIA

É difícil fornecer informações confiavéis sobre a eficácia da cirugia de laparoscopia para a endometriose. Por um lado, é quase impossível de realizar ensaios clínicos bem desenhados para avaliar os resultados da cirurgia. Por outro lado, os resultados da cirurgia são influenciados pela personalidade da mulher, seu estado emocional, a gravidade da endometriose e extensão, a experiência do cirurgião, e assim por diante. A multiplicidade de fatores que influenciam, tornam difícil tirar conclusões sobre a eficácia global da cirurgia.

No entanto, é sabido que a experiência do cirurgião é um fator chave para determinar o resultado da cirurgia laparoscópica para a endometriose: quanto mais hábil o cirurgião, melhor o resultado. Portanto, se possível, sempre se deve recorrer a um referido ginecologista ou centro multidisciplinar com especialização em cirurgia de endometriose e cuidados.

Lu-Luciana:
Os resultados de um número reduzido de ensaios clínicos são descritos a seguir:

Para as mulheres com endometriose leve e moderada, o tratamento cirúrgico foi melhor do que esperar para ver o tratamento. Das que responderam ao tratamento, 90% ainda teve um alívio dos sintomas um ano depois.

A técnica da excisão foi mais eficaz que o placebo (sem tratamento) para aliviar a dor e melhorar a qualidade de vida.

A cirurgia resultou no alívio da dor para 80% das mulheres com doença grave que não responderam ao tratamento hormonal.

A cirurgia de endometriose profunda retovaginal e retossigmóide tiveram taxas similares de complicações de outras cirurgias laparoscópicas.

Parece que as mulheres mais jovens são mais propensas a terem um retorno de sua endometriose após a cirurgia: quanto mais jovem a mulher, mais provável que ela tenha um retorno da doença.

Lu-Luciana:
FOLLOW-UP APÓS A CIRURGIA (PÓS OPERATÓRIO) 

Você deve avisar o seu ginecologista imediatamente se você desenvolver algum dos seguintes sintomas após o laparoscopia:

• febre
• se a ferida se torna dolorosa, inchada e vermelha
• aparece irritação da ferida
• dor abdominal ou cólicas
• micção freqüente e ardência/dor ao urinar
• Corrimento vaginal com um odor desagradável
• vômitos mais de 24 horas após a operação
• sensibilidade e/ou inchaço na panturrilha
• aumento da sensibilidade dolorosa dos músculos da panturrilha ao caminhar
• falta de ar, dor no peito ou dor ao respirar.

Você precisará visitar o seu ginecologista 4-6 semanas após a laparoscopia para discutir a sua recuperação, o que foi encontrado durante a sua operação, e seu tratamento futuro.

 

Lu-Luciana:
Fonte: (site em inglês)

http://www.endometriosis.org/

Navigation

[0] Message Index

[*] Previous page